Micro Empreendedor Individual – O que é e quais as vantagens e desvantagens

Olá, pessoal! Estou um pouco sumida, mas por um bom motivo: Estou pesquisando bastante sobre empreendedorismo e todas as coisas relacionadas. E essa semana me deparei com o MEI e achei interessante falar aqui no blog, principalmente, para quem já está no mercado há mais tempo.

O MEI foi criado para incentivar o empreendedorismo no país e formalizar trabalhadores livres. O grande benefício é, sem dúvidas, ter acesso aos direitos que os trabalhadores formais têm, como aposentadoria, auxílio doença e salário maternidade, por exemplo.

Além disso, o Micro Empreendedor é cadastrado como Pessoa Jurídica (PF), o que é uma grande vantagem na hora de abrir uma conta em banco, fazer empréstimo e conseguir taxas e juros menores.

Com o CNPJ, também é possível emitir nota fiscal e quem se cadastra como MEI fica isento de alguns tributos como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL.

E o mais interessante é que para se tornar um Micro Empreendedor Individual é bastante simples: Basta acessar o site do Portal do Empreendedor – MEI e se cadastrar. Para isso, é preciso pagar uma mensalidade no valor de R$44,00, mais R$5,00 caso seja um prestador de serviço ou mais R$1,00 caso se enquadre na categoria Comércio e Indústria.

O valor é bastante acessível, principalmente, para quem está começando, e é você quem imprime o boleto retirado diretamente do site. Importante lembrar que é preciso ganhar no máximo R$60,000 por ano (renda bruta) e não é preciso pagar nenhuma taxa para se cadastrar.

Mas, nem tudo são flores, não é mesmo? Encontrei alguns artigos falando sobre as desvantagens de ser um MEI. Algumas citadas são a impossibilidade de contratar vários funcionários. Só é permitido contratar um e é obrigatório pagar no mínimo um salário mínimo ou o PIS da categoria.

Outra desvantagem é que se o negócio se expandir, você perde o título de MEI, tendo que arcar com o recolhimento sobre o faturamento. Além disso, não são todas as profissões que podem se cadastrar como MEI e não é permitido ter sócios.

Acredito que mesmo com as desvantagens é importante se formalizar. Só assim nós, trabalhadores informais, teremos auxílio caso ocorra um imprevisto de saúde, por exemplo. E nosso empreendimento tem mais chances de sucesso, já que pedir e conseguir um empréstimo para investir e ter fluxo de caixa é mais acessível.

E, vocês, o que acham? Se tiverem uma opção melhor, corre pra cá pra me contar! Qualquer começo é complicado!

Fonte: Site do MEI.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s