Maquininhas de cartão: Como escolher?

Gente, empreender é realmente um grande desafio, não é mesmo? São várias coisas, grandes e pequenas, que precisamos pensar. Já falamos sobre legalizar a empresa no último post, quem perdeu, pode conferir neste link.

Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha experiência escolhendo uma maquininha de cartão. Essas coisas de maquinha, bandeira, taxas é um novo mundo para mim. Não sabia que existiam tantas opções neste universo.

Hoje em dia, a gente quase não anda com dinheiro na carteira, né? Ainda mais para comprar roupa! Mesmo que seja à vista, as pessoas fazem a clássica pergunta: “Você aceita cartão?”. Quem não aceita, acaba perdendo muitas vendas, muitas mesmo. Ainda mais em tempos de crise, oferecer a opção de vender à prazo e parcelar no cartão atrai muitos clientes.

Eu mesma sou usuária assídua de cartão de crédito. Poder checar na fatura cada compra feita, ver quanto gastei e ter controle do meu dinheiro é ótimo. Enfim, achei extremamente interessante oferecer essa opção aos meus clientes e fui procurar saber mais.

O resultado foi bastante surpreendente! A gente sempre pensa em Rede e Cielo, porque vemos propagandas o tempo todo, né? E achamos que são as melhores. Se são, não sei. Na verdade, acho que não. Mas são as mais ricas, com certeza, porque investem em muita publicidade.

Fui dar uma sondada na Rede e na Cielo, mas me deparei com uma grande pedra no caminho: A Rede não aceita Elo!! E a maioria das pessoas estão recebendo cartões Elo (inclusive, tema do próximo post, porque esse assunto é super polêmico e vai render pano pra manga).

Enfim, eu trabalho com roupas, então esse é o “único” problema. Mas quem tem um restaurante, por exemplo, chega a ser ridículo! A Rede aceita as bandeiras Ticket e Sodexo, por exemplo, mas só a Cielo aceita Elo e não aceita Ticket e por aí vai. A gente está tão acostumado a ver bares, restaurantes e lojas com vááárias maquininhas de vááárias marcas que achamos que isso é natural. Mas não é!!!

Atenção, galera!!!! Somos obrigados a contratar o serviço de várias empresas, pagar várias taxas de manutenção e aceitar as taxas que nos são passadas porque não temos outra opção! Isso é um verdadeiro absurdo.

Eu acho que vou pedir a Cielo primeiro, por causa do bendito cartão Elo (ou maldito, rs), o que acho um absurdo, viu. E vou testar. Depois, testo a Rede, porque o certo não seria eu ser obrigada a escolher uma por obrigação, mas por qualidade.

Hoje já falei muito, rs, mas é isso. E vocês, também ficam bravos com isso? Comentem aqui e compartilhem comigo a opinião de vocês. Mais coisas vêm pela frente, aguardem!!

Beijos

Anúncios

2 comentários sobre “Maquininhas de cartão: Como escolher?

  1. Maria Alice

    Nem me fale nessa Elo! Outro dia fui jantar em um restaurante com a minha mãe e tive que ficar de GARANTIA porque minha mãe só estava com seu Bradesco Elo e teve que ir no banco SACAR DINHEIRO. #lamentavel

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s